*.. e porque é na noite que encontro a calma que me acalma .. a razão que me dá vida .. a força e a coragem que me fazem acordar no dia seguinte .. para mais uma vez .. esperar.. esperar com ansiedade .. o regresso do meu Raio de Luar ..*

11
Set 09
O despertador toca a avisar o início de um novo dia.
Não quero!
Não quero levantar-me
Não quero sair para o outro mundo
Não quero viver com outras pessoas.

Quero ficar ali para sempre.
No meu quarto – o meu mundo pequeno
Na minha cama – a minha confidente
Nos meus lençóis – lenços das minhas lágrimas.

Não tinha adormecido há muito tempo
Ainda conseguia sentir no rosto as lágrimas do dia anterior.

Olho o horizonte,
Lá fora o céu escurecido, as nuvens cinzentas, o dia triste.
O perfeito retrato da minha alma.

Não quero ir…
Deixa-me ficar… Só mais um pouco
Neste meu mundo pequeno
Nesta minha alma fria
Nesta minha ilusão de vida
Onde ainda consigo sonhar e acreditar

Onde ainda vivo feliz!
publicado por Patti às 15:14
A Lua está...*:
Ao som de...*: T.T.-Não há mais nada

16
Abr 09

Que faço eu aqui?!?

 

 

Num mundo onde, aos meus olhos, nada faz sentido

Num mundo cheio de mentiras e hipocrisia

Num mundo egoísta e falso.

À procura de uma vida que nem mesmo eu vejo

Quero rir... sorrir, mas não sei como.

Esqueço o passado de um destino baralhado.

 

Sentada na minha cama vazia

Numa casa vazia

Mil e uma coisas inundam o meu pensamento

O meu coração bate mais depressa

Os meus olhos perdem o brilho

A minha inutilidade flutua sobre este mar de pensamentos

 

Tantas coisas por fazer... Tão pouca força e coragem para acordar num novo dia

 

Era tudo tão  mais fácil se não existisse amanhã...

Tornava a minha vida tão mais fácil:

  - não haviam mais problemas;

  - não existiam mais preocupações;

  - não existiam mais transtornos nem decepções;

  - não haviam sentimentos nem angustia...

 

Era tudo tão mais fácil.

 

 

Lá fora, a escuridão da noite governa,

Do céu caem lágrimas

Serão lágrimas de tristeza por estes pensamentos vaguearem sobre mim,

Ou serão lágrimas de desgosto que lamentam o desfecho desta triste história?

 

 

Acabo de escrever...

Fecho o meu livro de textos

Uma última lágrima desliza sobre o rosto.

A luz apaga-se...

 

A escuridão que se abate lá fora alastra-se ao meu mundo, ao meu ser.

Os meus olhos, já sem brilho, perdem a cor que os alimentava.

 

Permanece a incerteza sobre o desfecho da história.

 

 

Boa noite, até amanhã

 

 

BOSS AC FEAT MARIZA - ALGUÉM ME OUVIU (MANTÉM-TE FIRME)

 

 

(Boss AC)
Não me resta nada, sinto não ter forças para lutar
É como morrer de sede no meio do mar e afogar
Sinto-me isolado com tanta gente à minha volta
Vocês não ouvem o grito da minha revolta
Choro a rir, isto é mais forte do que pensei
Por dentro sou um mendigo que aparenta ser um rei
Não sei do que fujo, a esperança pouca me resta
É triste ser tão novo e já achar que a vida não
presta
As pernas tremem, o tempo passa, sinto cansaço
O vento sopra, ao espelho vejo o fracasso
O dia amanhece, algo me diz para ter cuidado
Vagueio sem destino nem sei se estou acordado
O sorriso escasseia, hoje a tristeza é rainha
Não sei se a alma existe mas sei que alguém feriu a
minha
Às vezes penso se algum dia serei feliz
Enquanto oiço uma voz dentro de mim que me diz?

(Mariza)
Chorei
Mas não sei se alguém me ouviu
E não sei se quem me viu
Sabe a dor que em mim carrego e a angústia que se
esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Busquei
Nas palavras o conforto
Dancei no silêncio morto
E o escuro revelou que em mim a Luz se esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

(Boss AC)
Não há dia que não pergunte a Deus porque nasci
Eu não pedi, alguém me diga o que faço aqui
Se dependesse de mim teria ficado onde estava
Onde não pensava, não existia e não chorava
Prisioneiro de mim próprio, o meu pior inimigo
Às vezes penso que passo tempo demais comigo
Olho para os lados, não vejo ninguém para me ajudar
Um ombro para me apoiar, um sorriso para me animar
Quem sou eu? Para onde vou? De onde vim?
Alguém me diga porque me sinto assim
Sinto que a culpa é minha mas não sei bem porquê
Sinto lágrimas nos meus olhos mas ninguém as vê
Estou farto de mim, farto daquilo que sou, farto
daquilo que penso
Mostrem-me a saída deste abismo imenso
Pergunto-me se algum dia serei feliz
Enquanto oiço uma voz dentro de mim que me diz?

(Mariza)
Chorei
Mas não sei se alguém me ouviu
E não sei se quem me viu
Sabe a dor que em mim carrego e a angústia que se
esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Busquei
Nas palavras o conforto
Dancei no silêncio morto
E o escuro revelou que em mim a Luz se esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

 

publicado por Patti às 17:46
A Lua está...*:
Ao som de...*: Boss AC ft. Mariza-Alguém Me Ouviu (Mantém-te Firme)

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
Sobre este Raio de Luar*
blogs SAPO